Please reload

DESNUTRIÇÃO HOSPITALAR: O QUE ESTAMOS FAZENDO?

May 3, 2018

Doenças relacionadas à desnutrição são um importante problema de saúde pública tanto nos países industrializados como emergentes. A prevalência relatada de adultos hospitalizados varia de 20% a 50%. Os relatórios iniciais de países emergentes sugerem uma maior incidência em comparação com outras regiões do mundo, sendo relacionada a casos de morbidade e mortalidade. Em 1998 o estudo IBRANUTRI¹, que investigou a prevalência da desnutrição em hospitais brasileiros, demonstrou uma taxa de mortalidade de aproximadamente de 50% para os pacientes hospitalizados¹.

 
Em 2016, foi realizada uma revisão sistemática de literatura sobre a desnutrição em países latino-americanos. Foram identificados 66 estudos entre os anos de 1998 e 2014, incluindo 29.474 pacientes em 12 países latino-americanos. A prevalência da desnutrição esteve entre 40%-60% no momento da admissão, com vários estudos relatando aumento no tempo da hospitalização, das complicações clínicas infecciosas e não infecciosas e dos custos de internação².
 

O estudo elucidou que há um aumento de 61% do custo na estadia do paciente no hospital quando comparado com os pacientes bem nutridos. O aumento é decorrente aos pacientes que não estão recebendo uma terapia nutricional adequada apresentando maior suscetibilidade para infecções respiratórias tendo alto gasto com medicamento e exames para tratamento desta patologia².  


Apesar da alta incidência de pacientes que já apresentam estado nutricional debilitado no momento da internação, apenas 9% destes receberam nutrição parenteral ou enteral para reversão deste quadro clínico. Com a intenção da redução das complicações relacionadas à desnutrição, programas de combate à desnutrição foram desenvolvidos por alguns países. Porém, não se observa melhoras no quadro dos hospitais o estado nutricional dos pacientes nos últimos quase 20 anos.
 

Desta forma, fica evidente a necessidade da otimização dos cuidados nutricionais e desenvolvimento de novas campanhas para o combate à desnutrição hospitalar, como o programa lançado pela Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral (BRASPEN). O objetivo é reduzir as altas taxas atuais de desnutrição em nos hospitais brasileiros, visto que em quase 20 anos nada mudou. A campanha propõe 11 passos que deverão ser implementados pelos serviços com o objetivo de reduzir os números relacionados à desnutrição. Os passos são baseados em uma regra mnemônica com a palavra DESNUTRIÇÃO³.  Dentre eles, cabe destacar o fato de o jejum ser muitas vezes negligenciado e as metas calóricas e proteicas não serem alcançadas, sendo a utilização da nutrição parenteral uma estratégia que poderia ser utilizada, em determinadas situações, para solucionar ambos os problemas.

 

Conheça a campanha da Braspen, acesse: Diga não a desnutrição.

 

 

Referência:
1. Correia M. I T. D,Caiaffa W T,Waitzberg D L. Inquerito brasileiro de avaliaçäo nutricional hospitalar (IBRANUTRI): Metodologia do estudo multicêntrico. Rev. bras. nutr. clín; 13(1): 30-40, jan.-mar. 1998.
2. Correia MITD, Perman MI, Waitzberg DL. Hospital malnutrition in Latin America: A systematic review. Clin Nutr. 2017 Aug;36(4):958-967. doi: 10.1016/j.clnu.2016.06.025. Epub 2016 Jul 19. Review.
3. BRASPEN. Campanha Diga não à desnutrição. Disponível em: 
<http://www.braspen.org/capanha-diga-nao-a-desnutricao.html. Acesso em: 08/03/2018.

 

 

www.farmoterapica.com.br

 

Central V.O.C.E.
(dúvidas, sugestões, elogios e reclamações)
0800 127 521  |  Opção 4
voce@farmoterapica.com.br

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Recentes
Atualizado em 30 de agosto de 2017
Farmoterápica

 √ As informações contidas neste site são destinadas ao público leigo, estudantes e profissionais da área da saúde

Segunda a Sexta das 08h às 18h

Sábado, Domingo e Feriado das 08h às 18h

Plantão (BIP) das 18h às 08h

SP e Grande SP (11) 5086-3044

Demais localidades 0800 127 521

(chamadas originadas de telefone fixo)

atendimento@farmoterapica.com.br

Av. Brasil, 460, Navegantes

CEP 90230-060, Porto Alegre, RS

Rodovia SP-073, 4509, mód 12, Distrito Ind. Domingos Giomi

CEP 13347-390, Indaiatuba, SP

A missão do site da Farmoterápica é contribuir com informações sobre a Terapia Nutricional e criar um canal de comunicação com o cliente externo.